Alunos da Rede Pública de Pomerode ganham ouro na OBMEP

Notícias

A educação pomerodense foi mais uma vez destaque a nível nacional.

Quatro alunos da Rede Pública ganharam medalhas de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), após classificarem-se entre  os 501 estudantes  com maior pontuação na prova, que teve 17,8 milhões de participantes.

No nível 1, que engloba os alunos que cursaram o 6º e o 7º anos em 2016, os estudantes João Pedro Tambosi, da E.B.M. Amadeu da Luz, e Roger Maldaner, da E.B.M. Olavo Bilac, foram os dois medalhistas de ouro. Pelo nível 2, formado por alunos dos 8º e 9º anos, os ganhadores da medalha de ouro foram Pedro de Souza, na época, da E.B.M. Olavo Bilac, e Sena Haruta, que estudava na E.B.M. Hermann Guenther em 2016.

Os estudantes pomerodenses também conquistaram medalhas de prata e bronze. Kaio Haruta, que estudava na E.B.M. Hermann Guenther, e Stefanie Siewerdt, da E.B.M. Amadeu da Luz, conquistaram a medalha de prata. Já as medalhas de bronze, foram obtidas pelos alunos Igor de Alencar, da E.B.M. Amadeu da Luz, Guilherme Kuglin, também do Amadeu, e Vinícius dos Santos, da E.B.M. Olavo Bilac.

A cerimônia de premiação foi realizada no dia 14 de novembro, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e contou com a presença de representantes dos ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, do diretor-geral do IMPA, Marcelo Viana, e do diretor-adjunto do IMPA e coordenador nacional da Obmep, Claudio Landim.

As professoras Maria Cristina Dallmann, Sirley Moreira Loureiro e Carla Darlei Althoff de Oliveira foram contempladas pela pontuação que alcançaram. As escolas Amadeu da Luz, Hermann Guenther e Olavo Bilac também se destacaram.

A Secretária de Educação e Formação Empreendedora, Neuzi Schotten, conta que Pomerode foi a cidade catarinense de maior destaque na premiação. “Nossa cidade foi a única de Santa Catarina que teve três professoras e quatro alunos medalhistas de ouro. Somos destaque estadual, o que é um grande resultado, se levarmos em conta o número de habitantes de nossa cidade. A conquista só reafirma a qualidade da educação na Rede Pública do Município, principalmente no que diz respeito a matemática, com professores muito dedicados e qualificados”, finaliza Neuzi.