Boulevard Olímpico soma público de 4 milhões de pessoas, diz Riotur

Rio 2016

O Rio de Janeiro teve o maior evento público já realizado na história dos Jogos Olímpicos. Durante os 17 dias de Jogos, a três áreas do Boulevard Olímpico receberam cerca de 4 milhões de pessoas. Os “live sites” foram montados em três áreas da cidade e o maior deles aconteceu na Praça Mauá, no Centro do Rio. Os outros dois ficavam no Parque Madureira, na Zona Norte do Rio de Janeiro, e no Centro Esportivo Miécimo da Silva, em Campo Grande, na Zona Oeste.

O Boulevard Olímpico virou ponto de encontro da diversão e ficou no topo da lista de pontos turísticos da cidade mais visitados no período dos Jogos. Da Praça XV até a Avenida Rodrigues Alves, passando pela Orla Conde e pela revitalizada Praça Mauá, o público pode interagir com os artistas de rua, aproveitar o cenário para fotos, acompanhar as disputas nos seis telões de alta definição e curtir os shows dos três palcos instalados. Nos telões, foram exibidas mais de 100 horas de transmissões esportivas.

O sucesso foi tão grande que a Prefeitura do Rio decidiu manter atrações no Boulevard Olímpico da Praça Mauá mesmo no período de recesso entre o final da Olímpiada e o início da Paralimpíada. Quem visitar o local entre 22 de agosto e 6 de setembro encontrará diversos artistas de rua, poderá aproveitar as comidinhas dos food truckse bares e ver a galeria de arte urbana que a Avenida Rodrigues Alves virou.

O Balão Panorâmico Skol volta a partir de terça-feira (23), e o público poderá subir a 150 metros de altura para conhecer o Centro do Rio de um outro ângulo. A Casa Brasil continuará funcionando nesse período pré-Paralimpíada, das 14h às 20h.

No Boulevard do Parque Madureira o destaque foi o projeto Férias no Parque, que tornou o local uma grande colônia de férias para crianças e jovens da região. As crianças participaram de torneios de esportes como badminton, capoeira, futebol de salão, futevôlei, judô, skate e tênis de mesa. O público também acompanhou as eletrizantes eliminatórias do concurso Passinho de Ouro.

O Boulevard montado no Centro Esportivo Miécimo da Silva, em Campo Grande, também viveu dias de colônia de férias no período, recebendo uma média de 200 crianças e jovens por dia, interessados nas atividades oferecidas em mais de 20 modalidades esportivas (entre elas, badminton, tênis de mesa, futebol, judô, vôlei e basquete).

Ministro disse que Boulevard Olímpico foi eleito o melhor local turístico do Rio
O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, afirmou, neste domingo (21) que o Boulevard Olimpico foi eleito pelos turistas como o melhor local turístico da cidade, à frente da praia de Copacabana e do Cristo Redentor, pontos tradicionais da cidade.

“Isso mostra que tivemos também como legado a requalificação da região portuária e da praça Mauá, que era uma área esquecida e degradada da cidade”, explicou ele. O sucesso da Olimpíada, segundo ele, dará um “novo fôlego ao turismo” na cidade.