Criminoso invade festa de família na véspera do Ano Novo no Oeste de SC e mata a tiros uma pessoa

Notícias

Um homem morreu e quatro pessoas foram feridas por tiros em Pinhalzinho, no Oeste catarinense, na noite de domingo (31). Segundo a Polícia Civil, um homem encapuzado chegou atirando na residência em que eles estavam e depois fugiu.

O caso foi por volta das 22h30 na Linha Boa Vista, na casa onde a família estava reunida. Segundo a Polícia Civil, além dos moradores, havia pelo menos dois amigos deles no local.

Uma das pessoas que estava na casa não se feriu. Ela relatou à PM que o grupo confraternizava na varanda da casa quando um homem chegou e efetuou os disparos. A PM e a Polícia Civil não informaram quantos tiros foram dados.

A polícia realizou buscas na localidade, mas ninguém foi encontrado. Os moradores não teriam conseguido identificar o atirador. Eles correram para se proteger.

Até a manhã desta segunda-feira (1º) a Polícia Civil investigava o caso e não havia suspeitos.

Vítimas

Joarez Ogliari, de 47 anos, levou quatro tiros, sendo atingido no tórax, na face, na perna e de raspão no braço. Ele foi levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

A mãe dele, de 86 anos, levou um tiro em um dos seios e outro na perna e está internada em estado grave, segundo a PM.

De acordo com os bombeiros, outras duas mulher ficaram feridas. Uma em uma das pernas, outra nas duas pernas. Um homem também foi atingido nas pernas.

Já a polícia informou que os baleados seriam duas mulheres e três homens: Ogliari, a mãe e a mulher dele e dois amigos da família.