Festilha, em São Francisco do Sul, relembra tradições açorianas

Notícias

A 30ª edição da Festilha, festa que celebra a tradição açoriana, termina na noite deste domingo (15) em São Francisco do Sul, Norte do estado. Um dos destaques é a culinária portuguesa. Haverá também shows, artesanato, contação de histórias e apresentações folclóricas, como mostrou a NSC TV.

A festa ocorre no Centro Histórico das 10h às 22h neste domingo. A programação completa pode ser consultada no site da prefeitura.

Tradição

Não é só nos casarões que se guarda a história de São Francisco do Sul. A terceira cidade mais antiga do Brasil mantém até hoje nos hábitos a influência da colonização.

“Nós temos aqui ainda questões ligadas ao linguajar. Tipo assim: ‘farinha pouca, meu pirão primeiro’, ‘nem tudo que reluz é ouro’, ‘puxar a brasa para a sua sardinha'”, relatou a diretora da Fundação Cultural Ilha de São Francisco do Sul, Andréa de Oliveira.

Festilha ocorre no Centro Histórico de São Francisco do Sul até este domingo (15) (Foto: Reprodução/NSC TV)Festilha ocorre no Centro Histórico de São Francisco do Sul até este domingo (15) (Foto: Reprodução/NSC TV)

Festilha ocorre no Centro Histórico de São Francisco do Sul até este domingo (15) (Foto: Reprodução/NSC TV)

A Festilha é a volta do município às origens, à relação da cidade com a Baía da Babitonga e às primeiras navegações.

Tem dança típica açoriana que não perde o compasso e o artesanato com materiais vindos da natureza usando técnicas que nunca saem de moda.

“Nós estamos em uma época, eu não sei por que o resgate foi muito bom, que está muito em alta em todos os lugares. Então vamos aproveitar a ocasião”, afirmou a tecelã Maria da Silva.

Pirão com linguiça é um dos pratos mais tradicionais da Festilha, em São Francisco do Sul (Foto: Reprodução/NSC TV)Pirão com linguiça é um dos pratos mais tradicionais da Festilha, em São Francisco do Sul (Foto: Reprodução/NSC TV)

Pirão com linguiça é um dos pratos mais tradicionais da Festilha, em São Francisco do Sul (Foto: Reprodução/NSC TV)

A culinária típica é uma mistura das influências indígena com a europeia. A cambira, por exemplo, um prato à base de peixe, passou por adaptações ao longo dos séculos. Foram os índios que descobriram que se podia conservar o peixe secando sob o sol.

O pirão com linguiça é sucesso absoluto na festa. “O pirão faz parte da tradição da Festilha. O pirão com linguiça é um prato que não pode faltar”, declarou a visitante Fernanda Virgílio Poli.

Histórico

A festa foi criada para celebrar a data em que São Francisco do Sul foi elevada à categoria de cidade, em 15 de abril de 1847.

Um lugar com o qual, de certa forma, todo catarinense tem relação. “A gente sabe que Santa Catarina nasceu aqui. São Francisco do Sul, como porta de entrada de imigrantes, de trânsito, foi sempre um lugar especial”, disse a diretora da fundação.